domingo, 26 de fevereiro de 2012

Sobremesas em Família

"A beleza está nos olhos de quem vê".
Confesso que na cozinha tenho uma grande preferência em preparar Sobremesas e gosto de reinventar algumas receitas para experimentar novas possibilidades.

Algumas aprendi com minhas avós,  acho imprescindível uma Sobremesa nos almoços da família e uma maneira agradável e gostosa de adoçar nossos encontros.

As Sobremesas mais comuns nos encontros da família são o Pudim de Leite de Condensado e o Pavê nas mais variadas combinações.

Desde muito nova adorava acompanhar minha vó Lenice no preparo das Sobremesas.
A Sobremesa que ela mais gostava de preparar era o Pavê, tanto de abacaxi, quanto o de pêssego em caldas, e ainda na versão que tinha uma camada de creme de leite com gelatina de morango como cobertura.

O Pavê é uma receita francesa e a palavra de origem é “pavé” que significa "pavimento", o que lhe coube perfeitamente já que ele é feito em camadas (ou pavimentos). A receita tradicional tem uma camada de biscoito champagne, algumas vezes substituído por biscoito de maisena. Eu nem sempre uso biscoito e já experimentei usar bolo, o que deu muito certo e teve a aprovação da família.

Assim como minha vó também o faço em várias combinações, desde o de Morango (com uma camada de geleia de morango e por cima uma cobertura de creme de leite com gelatina de morango), o de Bombom (em que prefiro usar o Ouro Branco), o de Coco (que faço a primeira camada de bolo de coco e adiciono leite de coco e coco ralado no creme), o de Baton (que coloco uma camada de baton picadinho e a última camada uma mistura de creme de leite, chocolate em pó e gelatina sem sabor) até o de Bis, que foi o que fiz este fim de semana.

 Não há quem não goste e é gratificante ver a família se deliciando cada vez que os faço. Celso meu esposo gosta mais do de Coco e o meu pai adora o de Bis. Bom, eu gosto mais de fazer do que de comer, acreditem.

Meu Pavê de Bis

Ingredientes
1 Caixa de Bis

Creme
1 lata de leite condensado
2 medidas da lata de leite
3 gemas
3 colheres de sopa rasas de amido de milho

Cobertura
 3 claras em neve
 2 colheres de sopa de açúcar
 1 lata de creme de leite

Modo de Preparo
Bata no liquidificador os ingredientes do creme e leve ao fogo.
Mexa até engrossar e começar a soltar da panela.
Coloque numa travessa funda e espere esfriar.
Bata as claras em neve com o açúcar até dar o ponto de suspiro.
Misture a lata de creme de leite e reserve.
Coloque um camada de Bis picado ou triturado (como quiser) sobre o creme e logo em seguida a cobertura.
Leve à geladeira por pelo menos 3 horas.
Sirva gelado.
Decore com Bis depois de levá-lo a geladeira, pois a cobertura estará mais consistente.

 
O mesmo creme com geleia de morango.
 
Este decorei com suspiros para o Natal e fiz uma calda de chocolate para acompanhar.

Já a minha vó Edite adora fazer um Pudim e é comum os filhos e netos pedirem para ela preparar. Percebo sempre uma satisfação muito grande cada vez que ela recebe um pedido. Ela faz com prazer.


O Pudim é uma receita de origem portuguesa e há quem diga que surgiu de um equívoco, após a troca de alguns ingredientes para se fazer um pão de queijo.

Existem vários sabores e formas de fazer um Pudim, mas basicamente é uma receita cremosa, refrescante e super fácil de preparar.


By Vó Edite
Meu Pudim de Leite Condensado

Ingredientes
1 lata de leite condensado
1 medida da lata de leite
2 ovos
1 pitada de amido de milho

Modo de Preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador.
Dissolva 1 xícara de açúcar numa forma de furo de 22cm de diâmetro tomando cuidado para que fique dourada e não queimada.
Adicione o conteúdo do liquidificador na forma.
Leve ao fogo em banho-maria por 30 minutos. Espere esfriar e desinforme.
Dica: Eu costumo desgrudar da forma com uma faca antes de desinformar.


Um Pouco de História

" A invenção da sobremesa, tal como conhecemos hoje, ocorreu na Europa entre os séculos XVII e XVIII, quando aos poucos teve início o costume de servir uma pequena porção doce antes de desfazer a mesa.

Antes disso, nos banquetes medievais eram comuns comilanças regadas a carnes, cereais, ensopados de legumes, pães, tortas, queijos, mel, frutas secas e frescas, entre outros alimentos. Mas tudo consumido ao mesmo tempo.

Com o novo hábito, além de desservir a mesa após a refeição, as sobremesas passaram a ser utilizadas também como um modo de ostentar riqueza e facilitar a digestão.

Hoje, mais do que nunca reconhecidas como parte importante de uma refeição, elas são um mimo gastronômico – verdadeira festa ao paladar".

Fonte: Blog La Violetera



Ótima Semana a Todos!!!

Visite minhas Receitas em Família.

Nenhum comentário:

Postar um comentário