terça-feira, 25 de julho de 2017

Sobre determinação...

“Para aqueles que estão determinados a voar,

 não ter asas é apenas um detalhe.”

Para falar desse assunto eu poderia citar muitas pessoas que marcaram suas vidas e a dos outros fazendo algo além do que esperavam e surpreendo a todos.

Posso falar das minhas várias experiências e como algumas pessoas "que não me conheciam ou conhecem verdadeiramente" foram meu combustível para eu correr atrás e mostrar do que eu sou capaz e que "quando eu quero eu posso".

Hoje, particularmente eu quero falar da minha amiga Valdineia e sua determinação para costurar.

Quando a gente convive com pessoas que tem algum talento a gente se encanta e algumas vezes é contaminado de uma forma tão intensa que você quer aprender e fazer também aquilo. Foi assim que o bordado entrou na minha vida e foi assim que esta amiga tão especial se enveredou para alguns caminhos da arte.

Determinada ela comprou sua máquina de costura e passou a aprender por vídeos a fazer coisas lindas para nos presentear.

Ah! Eu sou feliz demais por ter pessoas como ela que me presenteiam com coisas tão lindas.

Ontem ela me presenteou com algo que eu queria muito e que eu ainda não tinha: capas de travesseiros com barrinha de crochê... MARAVILHOSAS!!

Os tecidos... bem os tecidos são a minha cara gente e eu amo uma cama cheia de travesseiros e almofadas.

Para estreiar na cama na casa nova!!

Obrigada Valdineia, eu mais que amei!!





sexta-feira, 14 de julho de 2017

Piquenique Turma Borboleta

Não espere por bons momentos... Faça-os acontecer!!

Uma postagem tardia, mas oportuna e especial.

Na vida passamos às vezes por muitos momentos de espera e os momentos de espera são muitas vezes angustiantes...  o segredo é se ocupar enquanto se espera. Ocupar a mente ajuda a minimizar os efeitos da angustia. Outras vezes precisamos ter atitude para simplesmente não esperar, pois tem coisas que não se resolvem nunca.

Uma das melhores memórias da minha infância foram os Piqueniques no Parque Municipal de Belo Horizonte com meu irmão, minha mãe e eu, às vezes com meus avós. Posso fechar os olhos e rever as cenas daqueles dias gostosos que vivi.

Eu AMO piquenique e meu filho Lucas também.

Fazemos piquenique até dentro de casa, na varanda da vovó Izolina, na sacada do apartamento. Mas os melhores lugares são sempre os parques e os jardins.

Este piquenique foi idealizado pela professora do Lucas, a Tia Bel, e logo que ela lançou a ideia eu abracei.

Foi uma tarde deliciosa com a presença das famílias da Turma Borboleta.

Já com gostinho de quero mais!!





segunda-feira, 19 de junho de 2017

Falando de Dinossauros

“Fazer o que gosta, é liberdade.
Gostar do que faz é felicidade.

Antes de falar de Dinossauros...
Sabem qual o meu melhor remédio? Inventar moda.

Minhas dores no corpo, meu estresse, meus infortúnios são facilmente contornados ou minimizados quando estou envolvida mentalmente, emocionalmente e fisicamente em um projeto.

Foi em meio a muitas dores nas costas que nasceu este projeto e bastaram um dois dias envolvida nele que minhas dores foram esquecidas, nem sei se elas acabaram, só sei que elas não estavam mais me incomodando tanto.

A atividade artesanal e o processo criativo, sejam eles qual for, é um remédio infalível para os males da vida. Do surgimento da ideia ao projeto pronto existe um caminho que nos revela o quanto somos abençoados por Deus com nossos dons e o que de bom podemos fazer através deles.

Como eu disse a uma amiga que muito me incentiva a me enveredar pelos caminhos da educação infantil: as ideias fluem tão intensamente em mim que não posso resistir. 

Quem convive comigo sabe que ideias não me faltam e gosto sempre de envolver alguém, pois não podemos fazer nada sozinhos, o apoio e incentivo dos que nos cercam é o que nos alimenta e nos move, então este projeto não seria possível sem a participação da Izabel Cristina (a professora do Lucas) que logo de início abraçou a ideia e sem a contribuição da minha mãe Izolina que me ajudou com os recursos.

Agora sobre o Projeto Dinossauros...
Ainda inspirada pelo projeto Família na Escola eu elaborei o planejamento deste momento e o meu primeiro passo foi saber a opinião da professora do Lucas sobre ele. Encaminhei para ela e ela gostou e logo que ela deu seu aval aliás, antes do aval definitivo, eu já tinha colocado as mãos na massa, envolvendo o Lucas e o fazendo participar também dos preparativos.

A escolha do tema deste projeto é dedicada ao Lucas que gosta muito de dinossauros e tem muitos deles. O combustível para o meu entusiasmo é saber que ele ia amar cada detalhe.

A alegria e participação das crianças traz uma felicidade enorme para o meu coração, vontade de não parar nunca.

Vou compartilhar no final da postagem o planejamento deste projeto e a seguir vejam fotos de como tudo ficou para este

Projeto Dinossauro

Introduzindo o tema...






As Lembrancinhas: Ovos de Dinossauros
Bolinhas com dedoches



Dedoches - By Karine Sathler


Os Recursos e a Atividade...







Agradecimentos...
Ao meu Deus que sempre me inspira e me mostra o caminho.
À professora Izabel Cristina e Sara que nos ajudou na execução do projeto.
À escola que me deu a oportunidade de estar ali.
A minha mãe e minha amiga Viviane que sempre me incentivam. Amo vocês!!

PLANEJAMENTO: PROJETO FAMÍLIA NA ESCOLA
TEMA: DINOSSAURO
MATERIAL NECESSÁRIO:
  • Toalha de mesa verde
  • Dinossauros
  • Garrafas para fazer as árvores
  • Balões e espeta balão
  • Linha ou barbante
  • Figuras geométricas cortadas em papel colorset
  • Folhas A4
  • Notebook
  • Lembrancinha: 20 bolinhas transparentes com dedoches de dinossauros
  • Ninho para os ovos de dinossauros 
  • Fantoche dinossauro
  • Vídeo música Dinossauros do Show da Luna
INTRODUÇÃO DO TEMA:
  • Preparar uma mesa com dinossauros e um ambiente de floresta.
  • Usar balões como dinossauros suspensos sobre a mesa.
  • Receber as crianças usando roupa verde com o chapéu de dinossauro.
 DESENVOLVIMENTO 
  • Receber as crianças: mostrar a mesa falando sobre as cores dos dinossauros, usar os conceitos de grande e pequeno, fazer os sons de dinossauros.
  • Sentar todas as crianças no chão e usar o fantoche para falar sobre os dinossauros: quando eles viveram na Terra, o que eles comiam e como eles nasciam.
  • Apresentar o vídeo com a música Dinossauros.
  • Fazer a atividade plástica de colagem.
 ATIVIDADE PLÁSTICA
Colagem usando figuras geométricas.
Desenho para colorir com a letra D de dinossauro. 

sábado, 17 de junho de 2017

Chá com Flores

“Se não houver frutos, valeu a beleza das flores;
se não houver flores, valeu a sombra das folhas;
se não houver folhas, valeu a intenção da semente.

Seguindo meu planejamento de organizar mesas para pessoas especiais neste ano de 2017, neste sábado foi a vez de receber duas amigas e pessoas da família: as tias do meu esposo e a minha sogra.

Na oportunidade nós agradecemos a Deus pela vida da Shirlene, uma comemoração antecipada já que seu aniversário é no final de Junho, mas aproveitamos sua vinda em Ipatinga para nos encontrarmos e comemorarmos juntas.

O tema para este encontro foram as Flores, que usamos na composição da mesa tanto na arrumação do guardanapo quanto na dinâmica que fizemos com as convidadas.

Tivemos uma tarde deliciosa e muito agradável.

A Mesa e o Lanche
A cor em destaque foi o verde, que é a cor preferida da Shirlene, que veio acompanhado do branco distribuído em várias peças na mesa.

A harmonia das cores e das peças é sempre um presente aos olhos.

Fiz um bolo de laranja com calda de laranja, torta salgada acompanhados de chá mate gelado, café e suco. Servi também rosquinhas de nata, Shirlene trouxe salgados e a Gláucia Palha Italiana.








As Lembrancinhas
Fiz estes marca páginas em feltro que ficaram muito fofos.


Dinâmica das Flores
Cada uma recebeu um cartão com o nome de sua flor e com características dessa flor para que ao falar suas caraterísticas as demais convidadas descobrisse qual flor ela era.

A convidada que acertou mais flores ganhou uma prenda escolhida pela Shirlene.

domingo, 11 de junho de 2017

Almofada para Bárbara

“Que os bons ventos tragam novos ares.
Que a peleja sirva de aprendizado.
E que a gente não deixe de ser grata nunca.”

Compartilhando mais uma almofada bordada com muito carinho, dessa vez para a Bárbara, irmã do meu filho Lucas, que aniversariou em Maio.

O desenho é tão lindinho que nos convida a bordá-lo.

Vejam como ficou a almofada!


sábado, 27 de maio de 2017

Chá de Bonecas

“Se há saudade,
é porque houve alegria.
Se há nostalgia,
é porque existiu felicidade."

Este ano eu conheci o trabalho da Dianna Effner no Pinterest depois que comecei salvar algumas imagens de suas bonecas na minha pasta de bonecas. Suas bonecas são feitas artesanalmente por um grupo de artesãos e possuem uma riqueza de detalhes que é impressionante!

Cada vez que eu entrava no Pinterest apareciam mais bonecas simplesmente MARAVILHOSAS, algumas da Dianna Effner e outras parecidas com as dela.

Eu sou apaixonada por bonecas!! Já tive muitas, fiz algumas que já compartilhei aqui no blog e tenho algumas que ganhei de amigas.

Gosto de promover reuniões temáticas com minhas amigas e como eu estava encantada com as bonecas da Dianna o chá de hoje com minhas amigas não poderia receber outro tema senão Bonecas. Também tivemos a oportunidade de juntas agradecermos a Deus pelas vidas da Valdinéia e da Rosilene que aniversariam em Maio.

Eu consegui uma boneca emprestada com a Marcilene (que tem várias lindas!) e usei duas de louça que ganhei da Ívina para decorar meu aparador.

Fiz uma seleção de fotos de bonecas da Dianna Effner para mostrar para minhas amigas, além de organizar uma dinâmica também sobre o tema bonecas.

A seguir vejam como ficaram minhas arrumações para o nosso
Chá de Bonecas.

A Mesa...
Na mesa usei pela primeira vez meu jogo americano com xícaras e flores que eu bordei em ponto haste e com um trabalho em tecido floral e poá na cor lilás.

A Shirlene quem fez a costura do jogo e deu a ideia de usar o tecido estampado. Eu nem preciso dizer que amei demais!

Os guardanapos foram bordados por minhas amigas e eu no desafio do ano passado. Eles são lindos também e combinaram demais com esta mesa de hoje.










As Guloseimas...
Como de praxe cada uma trouxe uma delícia para o nosso chá.
As fotos falam por si só!






As Lembrancinhas...
Esta primeira lembrancinha foi feita em parceria com minha amiga Valdineia: são sacolinhas de tecidos feitas por ela, úteis para guardar peças pequenas no guarda-roupa ou em malas de viagem.

Val você é show!! Estou adorando ainda mais sua determinação para a costura.

A amiga Rosilene preparou estas tulipas em tecido no lápis com estes cartões lindos também com tulipas.

Obrigada Rose!!







Dinâmica com Boneca...
– O instrutor deve levar para a sala uma boneca, de preferência de pano, e pedir para o pessoal formar um círculo, em pé;
– Entregar para um dos participantes a boneca e pedir para que ele faça alguma brincadeira com ela (abraçar, beijar, bater, etc.)
– Após a brincadeira, o participante passa a boneca para o seu colega à direita, e este também faz uma brincadeira com ela. Assim, ela deve percorrer por todos os participantes, até completar o circuito;
– Após a rodada, o facilitador recolhe a boneca e pede para que cada participante, um a um, faça com o colega da direita, o mesmo que fez com a boneca.

Fonte: Dinâmicas de relacionamento interpessoal



segunda-feira, 22 de maio de 2017

Nossa Família na Escola

“Deus, em sua infinita sabedoria, criou a família
para que os seres humanos tivessem um lugar de apoio,
de encorajamento mútuo, de consolo nas horas difíceis.
Enfim, um espaço para rir, chorar e sonhar.

E também cantar e tocar...

Hoje foi um dia daqueles memoráveis que guardamos em um lugar especial do coração.

Maio é o mês da FAMÍLIA e recebemos uma proposta deliciosa da escola do Lucas: fazer uma atividade que envolvia nossa família e os coleguinhas da sala dele.

Para promover a participação de todos nada melhor que cantar e tocar.
Escolhi músicas que o Lucas adora, vestimos a caráter e foi simplesmente fantástico.

Não tem preço aquele sorriso no rosto e a satisfação do Lucas quando viu nossa família "brincando" com seus colegas.

A gente se divertiu muitoooo.

O Lanche e as Lembrancinhas
Toda criança ( e adulto) gosta de bolo de chocolate não é?

Para o lanche fiz um bolo de chocolate com brigadeiro, bolo de cenoura com tags de animais de fazenda (em forminhas de cupcake) e levamos suco.

Como lembrancinha fiz cones com bala e chocolate para marcar nossa presença e satisfação de estar com a Turma Borboleta.

Levei uma toalha xadrez e um topo de bolo com o nosso Lucas Seu Lobato feito em feltro (inspirado no trabalho da Érica Catarina).

Vejam como tudo ficou:










As Músicas 
Seu Lobato
Meu Pintinho Amarelinho
Cai cai balão

São músicas de ritmos que nos convidam a bailar e a fazermos uma festa.

Os Recursos usados
O papai Celso vestiu sua camisa xadrez e tocou o violão.
Os coleguinhas ajudaram com o ritmo usando a bandinha da escola.
Lucas, nosso Seu Lobato, de chapéu, bigode, camisa listrada e calça jeans.
Mamãe de caipira: saia de chita e rendas, blusa com renda, fitas no cabelo.
Os coleguinhas participaram da primeira música usando os fantoches de animais: cavalo, vaca, cachorro, pintinho, galinha, patinho, galo e porco.

O pintinho foi a mamãe quem fez.


Agradecimentos
Meus agradecimentos...
À professora Izabel Cristina que nos convidou para participar deste projeto fantástico.
Aos meus pais e minha sogra por participarem deste momento tão especial.
À escola que nos recebeu e nos permitiu estar ali.
À Ívina quem fez a arte do porta-retrato.
À Marcilene e Sara tão carinhosas e importantes para nossa família.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Lembrancinha: Potes com Biscoito

“Que a gente não perca a capacidade 
de se encantar com o que é simples.”


Gosto de idealizar coisas que promovam uma interação do meu filho com a execução de alguma etapa do processo, seja cortando uma linha, colando uma pérola ou os detalhes de papel quando fazemos um cartão ou no caso dos biscoitinhos desta postagem ele ajudou usando o garfo.

Nada melhor para estimular e promover a socialização do que propiciar momentos que a tornam possível. Ensinar a valorizar as pessoas, mostrar que as pessoas ficam felizes e agradecidas quando são homenageadas e que isto é a maior retribuição que podemos ter de alguém: gratidão. Que é possível ser feliz vendo o outro feliz.

Estes potes preparamos para homenagear as faxineiras da escola do Lucas, pessoas tão importantes na sociedade e muitas vezes não valorizadas como merecem.

Flores em feltro para decorar os potes com retalhos de linho e fita. A seguir vejam como ficou nossas tags e a embalagem (tudo na terceira pessoa do plural pois o Lucas participou e opinou em tudo).







Receita do Biscoito Sequilho

Ingredientes:
2 xícaras de amido de milho
meia xícara de farinha de trigo
90 ml de leite condensado
meia xícara de açúcar
5 colheres de manteiga

Modo de fazer: 
Misture todos os ingredientes.
A massa fica homogênea e o ponto dela é não grudar nas mãos.
Faça bolinhas pequenas e amasse com o garfo.
Coloque numa forma, não é necessário untar.
Leve ao forno médio por 10 a 15 minutos (é importante não deixar muito tempo, pois ficam duros).
Retire do forno e está pronto.


Obs: esta é a metade da receita original.

Fonte Tudo Gostoso